Categories :

Quem e o atual corregedor do Tribunal E o que compete a Corregedoria Geral?

Quem é o atual corregedor do Tribunal E o que compete a Corregedoria Geral?

Corregedor – Desembargador Ricardo Mair Anafe (biênio 2020/2021)

Quais são as atribuições das corregedorias do Trabalho?

A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho é órgão da estrutura da Justiça do Trabalho incumbido da fiscalização, disciplina e orientação administrativa dos tribunais regionais do trabalho, seus juízes e serviços judiciários.

Quando um processo vai para Corregedoria?

Se a representação, no entanto, envolve o mérito do processo, o local mais adequado para sua resolução é em grau de recurso. Por sua vez, se há morosidade ou falha na prestação dos deveres do juiz, tudo isso deve ser levado e será resolvido pela Corregedoria.

Como posso denunciar um juiz do Trabalho?

67, Tribunal Superior do Trabalho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h. O acompanhamento de suas manifestações pode ser realizado por meio dos seguintes canais de contato: Dique-Ouvidoria (0800-644-3444 opção 9 para telefonia fixa ou 61-3043-8600 opção 9 para telefonia móvel) ou pelo email [email protected]

O que compete a Corregedoria Geral?

Compete à Corregedoria-Geral receber reclamações e denúncias fundamentadas relativas a magistrados federais, feitas por qualquer interessado, realizar inspeções nos Tribunais Regionais Federais e supervisionar a execução das decisões do CJF, dentre outras atribuições. …

Quem pode ser ministro corregedor do CNJ?

A função de Corregedor Nacional de Justiça será exercida pelo Ministro do Superior Tribunal de Justiça, por este indicado na forma e pelo tempo previstos na Constituição Federal e na legislação específica.

Quais são as funções da SDI e SDC no TST?

Função da SDI é uniformizar teses antagônicas de Turmas do TST, e não dos Regionais – TST.

O que é CSJT?

Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) – Portal CNJ.

Quando um processo vai para o Tribunal Superior do Trabalho?

Da sentença proferida pelo Juiz, cabe recurso para o Tribunal Regional do Trabalho – TRT, 2ª instância, que o julgará em uma de suas Turmas. Trata-se de recurso técnico que depende de uma análise prévia, pela Presidência do TRT, para ser encaminhado ao TST.

Quanto tempo um processo fica no cartório?

A pesquisa revelou que alguns procedimentos levam até quatro vezes mais que o tempo esperado. Da distribuição até a remessa dos autos ao tribunal paulista, um processo de rito ordinário duraria 209 dias. A média, porém, é de 872 dias.

Como denunciar um juiz corrupto?

Na esfera de competência da Justiça Federal, procure a Ouvidoria mas se o problema identificado ocorreu por dolo ou fraude por parte do juiz federal, então o impetrante terá que dirigir-se ao Ministério Público.

Como fazer uma denúncia trabalhista por telefone?

Denúncia trabalhista por telefone O Ministério do Trabalho e Emprego atende pelo telefone 158. Através do telefone da Ouvidoria do Ministério do Trabalho e Emprego, o delator da irregularidade trabalhista será encaminhado para o setor do MTE responsável por acatar as denúncias para que ela tenha continuidade.